Empresa

Um grupo 100% nacional

Com qualidade e tecnologial global

Fundada em agosto de 1991, num galpão de 1000 m² em Diadema, São Paulo. A Printcor foi constituída com uma proposta diferenciada para a indústria gráfica: fornecer produtos de qualidade internacional, com a flexibilidade e agilidade que só quem conhece a fundo a dinâmica do mercado brasileiro poderia oferecer. A partir desta premissa, a Printcor foi crescendo, tornando-se uma das mais fortes empresas do setor, com a produção de tintas gráficas, produtos auxiliares e vernizes, expandindo sua atuação para todo o mercado brasileiro e sul-americano.

O próximo passo foi a criação de uma unidade independente de vernizes, a Printverniz, bem como a PrintcorSul, criada para atender mais de perto o mercado sul-brasileiro e países do cone sul. Acordos internacionais de tecnologia, parcerias com marcas líderes na área de tintas, vernizes e produtos auxiliares, a incessante busca de matérias-primas que respondam às crescentes exigências do mercado, tudo isso faz hoje do Grupo Printcor uma referência em nosso país. Um reconhecimento que culmina com a certificação do sistema de gestão da qualidade ISO 9001:2008 pela Germanischer Lloyd Systems Certification, atestando a qualidade nível mundial do Grupo Printcor.

Por mais de 2 décadas, a Printcor ganhou nome e respeito do mercado como um todo. Em um tempo recorde, a Printcor se firmou como nome de qualidade e excelência em tintas gráficas, produtos auxiliares e vernizes. Isso porque, desde seu primeiro minuto, ela não parou de investir em equipamentos, profissionais técnicos e acordos internacionais com os maiores fornecedores no segmento de tecnologia e equipamentos.

Tudo isso para oferecer ao mercado brasileiro uma opção de excelência, com tecnologia de primeiro mundo e a cor local, ou seja, as condições e flexibilidade que só uma empresa nacional pode oferecer. E, nunca é demais lembrar que, neste admirável mundo novo, mais de 20 anos num mercado tão competitivo nos dias de hoje é algo invejável, com uma diferença, que é a cabeça permanentemente ligada no futuro e o dedo no pulso do mercado brasileiro.